Apresentação

decorative line

Se o técnico de som tem de estar em perfeita sintonia com o artista e/ou banda para ser capaz de transportar ao público o que absorve do palco com sensibilidade e qualidade, o especialista em Sistemas de Sonorização é responsável por fazer o show acontecer – ou, no caso, o evento em que ele está trabalhando, seja uma peça de teatro, uma palestra ou um culto em uma igreja.


A Especialização em Sistemas de Sonorização, além de introduzir os interessados na prática de sonorização de shows e eventos, incluindo alinhamento de PA, passagem de som e mixagem, fornece uma preparação completa, que passa pelos fundamentos, equipamentos, sonorização e especialização em consoles digitais.

Certificações e Encaminhamentos*

decorative line
Registro Profissional.*

Conteúdo Programático

decorative line

    ÁUDIO FUNDAMENTOS

  • A Natureza do Som: Frequência, período e comprimento de onda | Sistema massa-mola | Fase entre Ondas | Interferência | Harmônico | ADSR – Attack, Decay, Sustain, Release.
  • Eletricidade Básica: O circuito DC elementar | As grandezas elétricas – V, I, R e P | Relação entre essas grandezas | Níveis, RMS e de pico | Circuito AC elementar | Conceito de impedância - Z
  • Eletrônica Digital Básica: Sample rate e bit rate | Margem dinâmica, nível | Conversão – conversores (Intersample peaks) e Dither | Protocolos digitais | Clock – Word clock e Jitter | DSP | Latência
  • Características da Audição Humana: Percepção à variação de frequências – a extensão de nossa audição, intervalos de oitavas, nossa reação logarítmica de base 2 | Percepção à variação de níveis - a extensão de nossa audição, nossa resolução, o decibel (dBW, dBm, dBV, dBu, dBSPL) | Percepção conjunta à variações de frequências e níveis - curvas de Fletcher-Munson, escalas A, B e C em decibelímetros e analisadores de espectro, dinâmica, envelope, timbre | Percepção à variação de tempo – Efeito Hass e aplicações (em painéis refletores em Teatros e em torres de delay em sonorização), dobra, eco
  • Propagação do Som ao Ar Livre: Lei do inverso do quadrado da distância, fonte puntual – ondas esféricas | Lei do inverso da distância, fonte em linha – ondas cilíndricas | Perda extra devido à umidade | Alterações na velocidade de propagação | Alterações no curso da propagação
  • Acústica: Conceitos fundamentais | Isolamento acústico – conceitos, arranjos e materiais, lei da massa, Sound Transmission Class (STC), curva de perda de isolação, ferramentas computacionais, Normas Brasileiras (NBR 10151 e NBR 10152) | Condicionamento acústico – conceitos, painéis, elementos e materiais, análise modal, Tempo de Reverberação (RT60), coloração, inteligibilidade, painéis acústicos, ferramentas computacionais | Projetos acústicos | Medições acústicas

    ÁUDIO EQUIPAMENTOS E APLICAÇÕES

  • Microfones e DIs (Direct Injection boxes): Classificação quanto à forma de transdução – dinâmico (de bobina móvel e de fita), condensador, eletreto, cristal ou piezoelétrico, carvão ou carbono | Classificação quanto à figura de captação - omnidirecional, bidirecional e direcional (cardióide, supercardióide, hipercardióide ou shotgun) | Microfone PZM | Microfone Lavalier | Microfone de contato | Microfone sem fio | DIs, ativas e passivas | Características de microfones e DIs
  • Cabos e Conectores: Tipos de cabos, suas características e aplicações - de sinal, de caixa e de energia | Tipos de conectores, suas características e aplicações - de sinal, de caixa e de energia
  • Placas de Áudio: Para gravação, reprodução e medição | Conexões analógicas, digitais e midi | Conversão: sample rate e bit depth | Clock | Chipset
  • Consoles de Mixagem: De PA, Gravação e Cinema/TV | Analógica e digital | Canais de entrada | Grupos e VCAs | Seção Master | Características
  • Equalizadores: Shelving | Hi cut e Low cut | Passa baixas, passa altas e passa banda | Fixos, variáveis e paramétricos
  • Processadores de Dinâmica: Compressores, limitadores e expansores - controles (Attack, Hold, Release, Knee, Side chain, Filtros, Gain), tipos de construção (ótico, valvulado ou variable MU, VCA, FET), De-esser, multibandas | Noise gates e ducks - controles (Attack, Hold, Release, Knee, Side chain, Filtros, Gain)
  • Processadores de efeitos: Reverb | Eco e Delay | Flanger | Phaser | Chorus | Pitch | Aural exciter
  • Crossovers, Amplificadores e Caixas acústicas: Crossovers passivos e ativos | Topologia dos filtros | Características dos amplificadores | Classes dos amplificadores | Funcionamento do alto-falante | Tipos de caixas acústicas | Relação entre amplificador e alto-falante

    CONSOLES DIGITAIS DE MIXAGEM

  • Desenvolvimento dos Consoles Digitais
  • Áudio Digital para Consoles Digitais
  • Configurações de um Console Digital: O patch bay
  • Módulos dos Consoles Digitais: Equalização | Processamento dinâmico | Processadores de efeitos
  • Automação

    GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE RF

  • Sistemas de Transmissão e Recepção
  • Frequência: Comprimento de onda eletromagnética | Propagação e efeitos | Modulação | Espectro de rádio frequência
  • Transmissão e Recepção: Pre/De Ênfase (equalização) | Compressão/Expansão (Compander) | Filtros | Diversidade | Squelch
  • Cabos de RF: Tipos | Atenuação | Conectores
  • Antenas: Tipos – Isotrópica, Dipolo, Log Periódica (LPDA), Helicoidal | Características – Polaridade, Ativas e Passivas | Equipamentos associados – Amplificadores, Distribuidores (Splitters) e Combinadores (Combiners) | Interferências – Direta, Indireta, Canais de TV, Intermodulação, Ruído de fundo
  • Coordenação de Sistemas: Equipamentos – Scanners, Sintonizador/Receiver, Softwares | Posicionamento – Sistemas, Antenas | Erros Comuns | Dicas de Trabalho | Exemplos de Sistemas

    SISTEMAS DE ÁUDIO SOBRE REDES DE IP

  • Protocolos de Transmissão de Áudio Digital: Transporte de Áudio Digital – Word Clock, Sample Rate, Banda (número de canais), Dados | Protocolos de 2 canais – AES/EBU, SPDIF | Protocolos Multicanais – ADAT (Lightpipe), COBRANET, DANTE, MADI, AVB | Formas de Transmissão P2P x IP – Principais diferenças
  • Protocolos de Transmissão IP: Hardware – Par trançado, Fibra ótica, Conectores, Switches, Acessórios | Software – Dante Controller, Ravena Aneman, HiQ Net | Topologias de redes mais utilizadas – Barramento, Anel, Estrela
  • Aplicações de Redes de Áudio IP: Projeto – Necessidade do sistema, Componentes do sistema, Fluxo do sinal | Configuração – Prática de configuração de Rede em Protocolo DANTE

    ELÉTRICA APLICADA AOS SISTEMAS DE SONORIZAÇÃO

  • As Fontes de Energia e os Equipamentos: Transformador – Monofásico, Trifásico | Gerador – Monofásico, Trifásico | Aterramento | Main Power | Estabilizador | Cabos – especificações e padrão de cores | Multímetro – medidas de voltagem, medidas de corrente
  • A Carga: Regime de trabalho (Duty Cycle) | Fator de Crista | Cálculo da potência – potência instalada | Cálculo da carga – potência consumida | Distribuição da energia pelo sistema

    OPERAÇÃO DE SISTEMAS DE SONORIZAÇÃO - PRÁTICA COM BANDA

  • As Funções em Sonorização: Produtor do Evento | Produtor Técnico do Evento | Produtor Técnico da Banda | Técnico Responsável pelo Sistema | Técnico de Mixagem FOH | Técnico de Mixagem MON | Outros Profissionais
  • Coordenação e Planejamento: Tipo de Evento | Onde e quando será realizado | O Rider | A posição do House Mix
  • Monitoração: Caixas de chão e suas posições | Side fills, no chão e fly | In ear, fones | Subs | Shaker
  • Mixagem: Conhecer os instrumentos – ouvir os instrumentos em vários locais de seu entorno | Conhecer o programa – As variadas estéticas | Como captar o programa – Escolha do microfone ou DI, Posicionamento do microfone, Uso de mais de um microfone para a mesma fonte, Uso de microfone e DI para a mesma fonte | Uso de Compressores, Gates e outros processadores de dinâmica | Uso de Efeitos | Outras técnicas na mixagem

    DIMENSIONAMENTO E INSTALAÇÃO DE SISTEMAS

  • Os Equipamentos: Consoles – Para aplicações ao vivo, Analógicas x Digitais | Ligações – Cabos de microfone, Subsnakes, Splitters, Multicabos, Rede | Gerenciadores – Entradas e saídas, Processamento interno | Amplificadores – Gerenciamento nos amplificadores, Amplificadores em caixas | Sistemas de Caixas – Array x Line Array, Distribuição de Caixas (L/R apoiado, L/R suspenso, Outer fill, Center fill, Front fill, Down fill, Delays, Subs (apoiado, suspenso, cardióide, supercardióide))
  • O Sistema e o Ambiente: O Ambiente do Evento | Geometria | Distribuição do Público | Softwares de Previsão de Comportamento
  • Instalação, Teste, Alinhamento e Equalização: Instalações Fixas x Instalações Móveis | Infraestrutura necessária para o “fly” e sua instalação | Instalação dos Subs | Testes de funcionamento | Alinhamento de cada grupo de caixas e entre eles | Equalização de cada grupo de caixas e entre eles

    MEDIÇÃO DE DESEMPENHO EM SISTEMAS DE SONORIZAÇÃO

  • Equipamentos: O Decibelímetro | O Analisador de Espectro | Softwares – A função de transferência, Medição de amplitude, Medição de fase, Medição de delay, outras medições
  • Uso dos softwares para alinhamento de Sistemas

Detalhes

decorative line

Carga horária

153 horas


Dias e Horários

Segunda a sexta
10h às 17h

Local

Sede do IATEC – Centro do Rio de Janeiro

Início

24/06/2019


Por que estudar no IATEC?

  • Laboratório Audiovisual
    Equipados com iMacs, Pro Tools, Live, Logic, Final Cut, After Effects, Photoshop e principais softwares de edição e tratamento Audiovisual.
  • Estúdio Escola
    Ambiente profissional para aulas, com gravação Multitrack, edição 5.1, permitindo o exercício prático dos diversos cursos de produção musical.
  • AMBIENTE VIRTUAL AVA PARA SUPORTE AOS ALUNOS
    Sistema de conteúdos online, onde os alunos têm acesso aos materiais de aula, apostilas, vídeos e ferramentas de comunicação com professores.
  • PARCERIAS COM EMPRESAS DO SETOR
    A Escola promove Visitas Técnicas direcionadas com as maiores Empresas e Instituições no setor Audiovisual, de Produção de Eventos e Telecomunicações.
  • ÁREA DE OPORTUNIDADES PARA ALUNOS
    Site exclusivo para cadastro e divulgação de vagas de trabalho e estágio entre Alunos e Empresas credenciadas ao IATEC.

Conheça seus professores

decorative line
João Mugrabi

João Mugrabi


Profissional especializado em instalação, montagem e operação de equipamentos de som de pequenos a grandes eventos. Além de instrutor do IATEC, presta serviços na área de áudio para o jornalismo do SBT Rio, além de atuar como técnico de som em diversos shows e eventos.

João Vicente Poças

João Vicente Poças


Há 15 anos no mercado como técnico de P.A. e monitor, além de técnico de gravação, mixagem e masterização. Atualmente fazendo o P.A. da banda Benditos e monitor da cantora Zélia Duncan.

Trabalhou em empresas como Mac Audio, BKS Audio; e com diversos artistas como: Beth Carvalho, Lobão, Latino, Emílio Santiago, Hamilton de Holanda, entre outros.

Carlos Pedruzzi

Carlos Pedruzzi


Como Diretor do IATEC desde a sua fundação, e agora como professor.

Engenheiro de Telecomunicações, consultor e operador de sistemas de sonorização.

Participou da sonorização de eventos como: Projetos Aquários, Réveillons em Copacabana, Rock in Rio, Missa Campal com o Papa João Paulo II, Festivais Free Jazz, Prêmios Sharp e Shell de Música, ECO 92, apresentações de artistas como Paul McCartney, Tina Turner, Billy Paul, Eric Clapton, Placido Domingos, Groove Washington Jr., entre outros.

Mixou para artistas como Joanna, Alcione, Guilherme Arantes, Marina Lima, Gonzaguinha, Emílio Santiago, Maria Bethânia, Zélia Duncan, Simone, e atualmente para Marcos Valle, Roberto Menescal, Wanda Sá, Quarteto do Rio, João Donato, Paula Morelenbaum.

É membro da Audio Engineering Society (AES) e da ABPAudio.

Stephanye Correia

Stephanye Correia


Diplomada no Curso Técnico de Eletrônica com Ênfase em Áudio do IATEC, frequentou a Berklee College of Music e é formada pela Britsh Council (Reino Unido) em curso de capacitação técnica para profissionais na área de eventos, sonorização, iluminação e gestão de palco. Já atuou como Operadora de som no Teatro Maison de France; SESC Copacabana, Teatro Carlos Gomes, entre outros.

Renato Muñoz

Renato Muñoz


Formado em Comunicação Social, começou a trabalhar profissionalmente com áudio em 1991 na Firma Xef Sound (Rio de Janeiro).

No ano seguinte, assumiu o PA da cantora Elba Ramalho, onde trabalhou até 1997.

Entre 1993 e 1998, trabalhou no Estúdio Nas Nuvens, no Rio de Janeiro, com artistas como Gilberto Gil, Caetano Veloso, Barão Vermelho, Skank, Titãs, Paralamas do Sucesso, Fernanda Abreu e Marisa Monte, entre outros.

Em 1997, assumiu o PA do Barão Vermelho e depois também o PA do Frejat em seu projeto solo, quando foi responsável pela gravação e mixagem dos dois discos do cantor. Ganhador do prêmio profissional de PA do ano, também prestou serviços para a firma de sonorização Lang Brothers.

Fred Junior

Fred Junior


Técnico de gravação, PA e proprietário da JM Sonorizações. Começou profissionalmente com áudio em 1990 no Studio K, Rio de Janeiro. Participou da gravação de artistas como Roberto Carlos (programação de bateria em 1991/1992), Banda Bagabalô (Reggae sem Fronteiras) e Banda Usina Pop (Usina Pop). Em sonorização, como técnico de PA e técnico de monitor trabalhou com: Banda Auê, The Fevers, Allobend (ex-Banda Mel), Rosa Maria, Tony Platão, Zé da Velha e Silvério Pontes e Zélia Duncan, entre outros. Foi também o responsável técnico pelos espetáculos Tralalá –100 anos de Lamartine Babo (direção Ricardo Cravo Albim) e As Violetas Voltaram. É professor do IATEC desde 2001 e leciona nos cursos PET Sistemas de Sonorização, Áudio Fundamentos, Áudio Equipamentos e Técnicas de Sonorização.

Investimento

decorative line

Garanta hoje mesmo sua vaga!

1º Lote
Pré-venda com 15% OFF
Até 24/04
Primeiras 10 vagas
R$ 3.952,50
Ou em até 12 vezes de R$ 385,08
No cartão ou cheque
VAGAS LIMITADAS
2º Lote
Pré-venda com 10% OFF
De 25/04 a 24/05
R$ 4.185,00
Ou em até 12 vezes de R$ 407,74
No cartão ou cheque
VAGAS LIMITADAS
3º Lote
Valor Integral
De 25/05 a 24/06
R$ 4.650,00
Ou em até 12 vezes de R$ 453,04
No cartão ou cheque
VAGAS LIMITADAS

Dúvidas?

Veja as vantagens de preencher o formulário agora:

Tenha acesso gratuitamente a palestra
"Oportunidade de Mercado e Orientações nas Carreiras de Áudio"

Receba trecho da apostila utilizada no curso


Após o preenchimento do formulário você receberá um link exclusivo para acessar e assistir a palestra online.