Archive for fevereiro, 2013

Um mundo de oportunidades em 3D

IATEC On fevereiro - 27 - 2013ADD COMMENTS

Vivemos em um mundo cada vez mais digital e a área de vídeo e fotografia está completamente integrada a esses avanços, que não param de acontecer. O cinema digital, por exemplo, traz uma tecnologia que se aperfeiçoa constantemente, deixando a produção de um filme mais barata e menos complicada. Com a chegada do cinema em 3D, uma nova forma de filmar e editar foi criada e surgiram novos conceitos e novas estruturas a serem estudadas.

A visão em três dimensões é um efeito criado pela mente humana, resultado de um fenômeno natural chamado estereoscopia. Trata-se de uma projeção de duas imagens da mesma cena em pontos de observação diferentes. O cérebro funde duas em uma e obtém informações quanto à profundidade, distância, posição e tamanho dos objetos.

Para que o efeito 3D seja possível no cinema, por exemplo, a captação das imagens é feita baseada no mesmo princípio: duas imagens são captadas ao mesmo tempo e a correção de enquadramento é feita através de softwares específicos.

A TV 3D

E não é só no cinema que essa tecnologia aparece. Há alguns anos, já existe no mercado a televisão em 3D, que permite a visualização de imagens a três dimensões, com ou sem o auxílio de óculos 3D aplicando técnicas especificas.

A primeira transmissão ao vivo em televisão fechada em 3D no Brasil foi feita pela operadora de cabo NET numa parceria com a Rede Globo e ocorreu em 2010, exibindo o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro. Já a primeira em televisão aberta foi feita pela RedeTV!, no mesmo ano, na exibição do programa Pânico na TV. A cada ano, o crescimento de vendas desses aparelhos no mundo cresce consideravelmente.

Filmando e Editando em 3D

Diante das inovações e do crescimento deste mercado, as possibilidades de avanço em profissões da área também são enormes. Especializar-se e conhecer a fundo todas as funções. E uma excelente dica para começar essa caminhada é o intensivo “Filmando e Editando em 3D”.

O aluno que se matricular no curso aprenderá os fundamentos da teoria sobre estereoscopia em 3D, as técnicas necessárias para filmar e editar no formato, além de explorar como o 3D funciona atualmente em filmes e programas de televisão. A professora Caren Moy, instrutora do curso, é uma cineasta inglesa que possui experiência no mercado televisivo britânico e internacional desde 1990. Ela atuou como diretora de fotografia, produtora, diretora e roteirista, trabalhando com muitos dos melhores atores ingleses e norte-americanos. Saiba mais e faça sua matrícula: http://www.iatec.com.br/curso/292/1/filmando-e-editando-em-3d

Como diria o cineasta brasileiro Glauber Rocha, para produzir um filme basta “uma câmera na mão e uma idéia na cabeça”. Seja para emocionar nas telas de um cinema, reproduzir acontecimentos, criar filmes publicitários e artísticos ou mesmo como um hobby para os finais de semana, dominar a operação de uma câmera de vídeo é aprender uma nova maneira de se expressar. Para profissionalizar novos cinegrafistas, o IATEC reuniu alguns de seus principais cursos livres para dar origem ao Programa Especial de treinamento (PET) em Operação de Câmera.

O conjunto de cursos foi idealizado para possibilitar uma atuação mais ampla ao operador de câmera, oferecendo o contato com os conceitos técnicos e estéticos que envolvem a profissão. Além do conhecimento sobre o processo de construção de imagens, tanto no estúdio como em filmagens externas, o aluno recebe noções de iluminação, fotografia, áudio, e produção 3D. Isso possibilita sua atuação na realização de produtos jornalísticos, comercias, clipes, documentários e vídeos institucionais.

A Ementa

O Programa de Treinamento reúne os seguintes conhecimentos:

Áudio para TV e Cinema: O curso apresenta e demonstra a aplicação dos equipamentos utilizados nos sistemas de gravação e processamento para os meios audiovisuais.

Técnicas em Operação de Câmera: Nele é apresentado o processo de construção de imagens no estúdio e em filmagens externas.

Técnicas de Captação de Áudio para TV e Cinema: Transmite conhecimento sobre as técnicas mais modernas de captação de som, com o uso de gravadores portáteis e mixers digitais.

Filmando e Editando em 3D: Apresenta os conceitos da estereoscopia e ensina as técnicas necessárias para filmar e editar no formato 3D.

 

Para mais informações e inscrições, clique aqui.

Você viu?

A filmagem oferece possibilidades incríveis, entre elas a de documentação de um período, e a possibilidade de recordá-lo anos mais tarde. Foi com esse motivo que, em 1992, o norte-americano Jeremiah McDonald, gravou a si mesmo fazendo previsões e falando com o Jeremiah do futuro. Na época ele estava com 12 anos. Vinte anos depois, ele assistiu a gravação, respondeu, e colocou no Youtube para todo mundo ver. O resultado é muito divertido. Confira:

IATEC leva a nove capitais brasileiras treinamentos em produção de eventos e sonorização

Palco de grandes eventos internacionais, o Brasil tem se visto no centro dos holofotes do mundo inteiro. O país agora se prepara para receber a Copa das Confederações, Copa do Mundo, Olimpíadas, Rock in Rio, e se tornou parte da turnê internacional de grandes artistas. Viver em um país com tamanha efervescência cultural pode representar inúmeras oportunidades, que para serem aproveitadas exigirão qualificação adequada. Pensando nisso, o IATEC se prepara para sair de sua sede, no Rio de Janeiro, e percorrer várias capitais brasileiras levando especialização.

O Tour

Nove cidades receberão treinamentos do IATEC, nas áreas de Produção de Eventos e Sonorização. Cada cidade contará com o corpo docente do instituto, além de ementa e metodologia similares ao que é praticado em suas duas unidades no Rio de Janeiro.

A especialização em Produção de Eventos, que visitará as cidades de Porto Alegre, São Paulo, Goiânia, Brasília e Belo Horizonte, reúne todo o conhecimento necessário para produzir shows e eventos com características e orçamentos distintos, para vários tipos de público. Ele oferece ainda uma explicação sobre as leis de incentivo, projeto e planejamento de infraestrutura e direção de palco, além de noções de marketing e assessoria de imprensa.

Já os interessados em Sonorização serão introduzidos à prática da sonorização de shows e eventos, incluindo alinhamento de PA, passagem de som e mixagem. O curso oferece uma preparação completa, que passa pelos fundamentos do áudio, os equipamentos necessários e a especialização em consoles digitais. O aluno aprenderá ainda a interligar os equipamentos, realizar a microfonação conforme a finalidade exigida, trabalhar com software de medição de sistemas e a fazer o trabalho de roadie. O curso será ministrado nas cidades de Porto Alegre, Fortaleza, São Paulo, Cuiabá, Salvador e Curitiba.

Para os dois treinamentos será oferecida uma metodologia diferenciada, através de Programas Especiais de Treinamento. O método adotado pelo IATEC consiste em reunir cursos com ênfase em diferentes áreas que se complementam para direcionar o aluno em uma especialização. As aulas possuem foco bastante prático e orientado para as habilidades mais exigidas no mercado de trabalho.

VAGAS LIMITADAS!

Inscrições e Informações:

http://www.iatec.com.br/brtour

21-2493-9628 | 21-2486-0629

tour@iatec.com.br

Andraudio: o aplicativo do IATEC

IATEC On fevereiro - 13 - 2013ADD COMMENTS

O Instituto de Artes e Técnicas em Comunicação idealizou, em julho deste ano, seu primeiro aplicativo para smartphones e tablets. Desenvolvido pela agência Designtec, o Andraudio foi criado para facilitar o dia a dia de técnicos de áudio, estudantes e pesquisadores da área. Reunindo 17 fórmulas, ele pode ser utilizado em cálculos relacionados à natureza do som, características da audição humana, propagação ao ar livre e ao decibel. Ele oferece ainda acesso a informações relativas ao mercado de áudio, direcionando para a área de notícias do site e últimas postagens do blog.

Disponível para download gratuito no Google Play, loja virtual do Android, o aplicativo é compatível com todos os aparelhos que possuam a partir da versão 2.2 (Froyo) deste sistema operacional. Com aparência agradável e uma interface intuitiva, ele propõe uma solução prática e portátil no dia a dia do técnico de áudio, para calcular o tempo de atraso de sinal para torres de delay, por exemplo. Suas funções são ainda úteis nas atividades acadêmicas, reunindo as fórmulas mais utilizadas no aprendizado dos fundamentos do áudio.

O download do Andraudio pode ser realizado no link https://play.google.com/store/apps/details?id=designtec.android.rss . Dúvidas e sugestões através do e-mail android@designtec.com.br

Helena Ribeiro tem 22 anos e uma paixão pelo áudio que vem da infância. Desde 2009 ela uniu essa vocação a um outro grande interesse: os bastidores da televisão. Entrevistamos a moça em abril do ano passado, quando ela estava prestes a concluir o Programa Especial de Treinamento em Áudio para Rádio, TV e Cinema, e se preparava para enfrentar o mercado de trabalho. Na conversa ela nos contou sobre sua sua trajetória, experiências e perspectivas para o futuro. Confira:

Blog do IATEC: Quando surgiu seu interesse pela área?
Helena: Meu interesse pelo áudio surgiu na infância. Sempre gostei muito de ouvir música e tocar alguns instrumentos. Conforme fui crescendo, juntei o gosto pela música e pelos bastidores de televisão, e resolvi seguir a carreira de sonoplasta.
Comecei a ter contato com a área em 2009, quando entrei para a faculdade de Produção Audiovisual. De lá para cá, venho acompanhando produções e estudando muito. Fiz alguns cursos oficiais de Pro Tools, além da especialização no IATEC, e agora pretendo começar a adquirir experiência prática, e aplicar tudo que já aprendi.

Blog do IATEC: Recebeu o apoio da família?
Sim, desde o início. Primeiro foi preciso explicar para eles como é a profissão, e como eu faria com os estudos, mas eles logo aceitaram e apoiaram, como fazem até hoje.

Blog do IATEC: Como foi no princípio, o primeiro contato com o áudio?
No início, o primeiro contato foi meio inseguro, pois não sabia direito como as coisas funcionavam, mas conforme fui convivendo com os profissionais da área e trocando idéias, fui vendo o quanto gosto de áudio e o quanto vai valer a pena trabalhar na área. Tenho certeza também de que os cursos feitos me abrirão portas para o mercado de trabalho.

Blog do IATEC: Essa é uma área predominada por homens. Isso em algum momento preocupou você?
Confesso que esse fator sempre me preocupou principalmente nas salas de aula em que eu era a única mulher da turma. Não acho que influencia não, pelo contrário, acho que o mercado do áudio está precisando mesmo de mais mulheres atuando na área, porque como eu mesma escuto dos profissionais, o mercado sente falta da sensibilidade, da intuição e do cuidado da mulher.

Blog do IATEC: Na sua especialização em Áudio para Rádio, TV e Cinema, qual foi o curso mais interessante até agora?
Sem dúvidas foi o curso de Captação de Áudio para TV e Cinema, ministrado pelo Paulo Ferreira. Nele aprendi muitas coisas que me serão úteis nos próximos anos. O fato de a aula ser organizada também ajudou. Tínhamos aulas teóricas, práticas, demonstrações em slides, vídeos, etc.  Era uma aula bastante completa.

Blog do IATEC: O que você espera da área, no futuro?
Creio que a área está em crescimento. Cada vez mais ouvimos falar de produções audiovisuais, principalmente com o crescimento do campo digital. Espero que esse seja um bom começo.

Blog do IATEC: E na sua formação, o que falta? Pretende ainda fazer outros cursos?
Pretendo sim, mais especificamente na área de pós-produção de áudio (sonoplastia). Essa necessidade de especialização vem das exigências do mercado. Cada vez mais as empresas procuram profissionais conceituados, não só com conhecimento prático, mas também teórico.

Atualmente, Helena atua como oficineira de sonoplastia da Rede Globo. “Através do IATEC e do bom currículo que montei, tive o prazer de conhecer alguns funcionários da Globo que me encaminharam para o processo seletivo da Oficina. Lá passei por diversas entrevistas, prova, disputei com umas 40 pessoas, e consegui uma das cinco vagas para Oficineira de Sonorização. Agora estou aprendendo bastante lá e aproveitando essa oportunidade única que tanto busquei ao longo desses quase quatro anos de estudo” conta.

Programas Especiais de Treinamento e o caminho da profissionalização

Quando falamos em áudio e produção musical, não existem segredos. O que há é muita técnica desenvolvida a partir de anos de observação, resultado de inúmeras tentativas, falhas e acertos. Mas se hoje a tecnologia torna o trabalho mais intuitivo, e amplia o acesso aos equipamentos necessários para as atividades ligadas ao áudio, a sala de aula ganha um significado diferente para quem traça o caminho da profissionalização: a oportunidade de extrair conhecimentos de profissionais experientes, reduzindo os erros causados pelo amadorismo.

Para quem se identifica com a área, o IATEC oferece três Programas Especiais de Treinamento, adequados para o desenvolvimento de habilidades voltadas para a área de interesse do aluno. Em cada um deles estão reunidos os principais cursos livres, que darão a bagagem multidisciplinar necessária para a formação em Produção MusicalÁudio para Rádio, TV e Cinema e Sistemas de Sonorização. Esses programas podem representar a primeira etapa no caminho da profissionalização, ou são complementares, quando vistos como um investimento na expansão das próprias atividades.

No treinamento em Produção Musical, o aluno será guiado pelos fundamentos do áudio e técnicas da produção fonográfica, conhecerá os principais equipamentos e suas aplicações, além de vivenciar prática em estúdio e conhecer as principais ferramentas utilizadas para a mixagem e masterização.

Também introduzidos aos fundamentos do áudio, os interessados nas atividades de sonorização para Rádio, TV e Cinema conhecerão as principais técnicas de captação de áudio e terão aprofundamento em trilhas sonoras.

Quem optar pelo treinamento em Sistemas de Sonorização conhecerá as técnicas necessárias para a operação de sistemas e será treinado em Consoles Digitais. O aluno irá conhecer as funções e atividades de um bom roadie e vai coroar sua especialização com um Treinamento Oficial em Smaart, certificado internacionalmente.

Conheça os cursos do departamento de áudio do IATEC. Acesse: http://www.iatec.com.br/audio/

O Direito Autoral

IATEC On fevereiro - 5 - 2013ADD COMMENTS

É incontestável o direito de um artista sobre a sua criação. Mas os conceitos que envolvem os direitos autorais e a propriedade intelectual por vezes entram em conflito, principalmente no contexto de fácil compartilhamento de conteúdo através da internet. Para quem vive da música a preocupação é redobrada. Como se proteger do plágio, da cópia irregular, do download ilegal? O IATEC anuncia para o dia 02 de março uma nova turma do curso sobre Direitos Autorais, em que será explicada a cadeia produtiva da música, além das regras do direito autoral, para que o aluno seja capaz de elaborar um plano de negócios e analisar a exploração da música em diferentes suportes.

Com uma carga horária de 20 horas, o curso será ministrado pela administradora Flávia Trigo, que há mais de 12 anos atua no ramo de direitos autorais e licenciamento. Com passagem pelas gravadoras Sony Music e Universal Music, ela hoje coordena a área de Aquisição de Direitos da Globosat Programadora – empresa das Organizações Globo, e é responsável pelos Canais a cabo SporTV, Multishow, GNT, Telecine, Universal Channel, Canal Brasil e outros.

Clique aqui para mais informações e inscrições.

Você conhece o ECAD?

O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD) é uma instituição da sociedade civil, de natureza privada, mantida pela atual Lei de Direitos Autorais brasileira. Com sede na cidade do Rio de Janeiro, o órgão é administrado por nove associações de música para arrecadar e distribuir direitos autorais quando há execução pública de músicas nacionais e estrangeiras. Em 2003, o IATEC recebeu o gerente executivo de Arrecadação da instituição, Márcio Fernandes, para um workshop. Confira a seguir um vídeo em que o palestrante explica a origem do ECAD e da lei do Direito Autoral no Brasil:

As vantagens da matrícula online

IATEC On fevereiro - 4 - 2013ADD COMMENTS

No mundo conectado em que vivemos, precisamos de ferramentas que facilitem o nosso dia-a-dia. Não há nada melhor do que resolver algumas situações burocráticas sem sair de casa e, por isso, o IATEC, em parceria com o pagseguro do UOL, criou uma ferramenta que tem por objetivo dar segurança e agilidade às inscrições em todos os cursos.

Além dessas vantagens, fazendo sua matrícula pela Internet através do pagseguro, você pode se inscrever em vários cursos de uma só vez, ganhar descontos exclusivos e parcelar em até 18 vezes. Não deixe passar essa oportunidade de se especializar! Confira cada passo:

Para se matricular é fácil. Após escolher o curso que você quer fazer a acessar a ementa, clique em “Faça sua Matrícula” no final da página. Imediatamente, você será direcionado ao carrinho de cursos. Aqui, pode-se decidir em continuar com sua matrícula, finalizando a compra, ou se inscrever em mais cursos. Escolhendo a segunda opção, basta repetir o procedimento descrito acima e você poderá usufruir de um de nossos descontos.

Clicando em “Finalizar Compra”, será apresentado o formulário de inscrição. Preencha atentamente todos os campos solicitados, aceite o termo de contrato e clique em “Próximo”. Na página seguinte, confira seus dados pessoais e o curso que escolheu, então clique em “Iniciar pagamento”. Você será direcionado para o ambiente do pagseguro e poderá escolher a melhor forma de pagamento, podendo dividir em até 18 vezes nos cartões de crédito.

Escolha os cursos que mais acrescentarão à sua carreira e seja bem-vindo ao IATEC!

Promoção Curto Mais o IATEC

IATEC On fevereiro - 4 - 2013ADD COMMENTS

Se você curte a página do IATEC no Fecebook, pode ser premiado pelas suas interações. No período de 01 a 28 de fevereiro, cada vez que interage com uma postagem, curtindo, comentando ou compartilhando, você ganha pontos. No final da promoção, aquele que mais pontuar ganhará um fone Gemini modelo DJX-03, especialmente cedido pela Proshows!

Como participar

Entre os dias 01 e 28 de fevereiro, curta a página do IATEC (facebook.com/curtaiatec). Participe das postagens comentando, curtindo, respondendo enquetes, compartilhando com seus amigos. Você receberá pontos para cada uma de suas interações.

Acompanhe o seu desempenho

Confira a sua posição no ranking acessando a aba Top Fans, disponível na página. Os pontos acumulados são atualizados diariamente.

Capriche nas interações

Para melhorar a sua pontuação faça interações de qualidade. Você pontua mais quando outras pessoas curtem seus comentários e compartilhamentos.

Agora, com a cabeça um pouco mais fria, vamos refletir sobre essa dolorosa tragédia. Observamos, chocados, a forma estúpida como centenas de jovens perderam suas vidas, em um momento que seria de lazer e diversão. Diante de um acontecimento evidenciado pela mídia como uma sucessão de erros, nos perguntamos: será que o Brasil está preparado para receber eventos de grande porte?

As normas existem. Assim como tecnologia, para garantir qualidade e segurança aos eventos. Mas é preciso haver também fiscalização, não apenas para as atividades artísticas, mas em qualquer estabelecimento que receba o público. São necessários ainda profissionais capacitados para entender a importância do cumprimento das normas. Talvez tenha sido esse o grande X da questão: a capacitação profissional.

Como exigir que esteja adequadamente capacitado um segurança que é freelancer, nunca fez nenhum curso de qualificação, trabalha o dia todo e faz um bico à noite para ganhar R$ 100,00? Da mesma forma, o projeto de um lugar que receberá espetáculos precisa ser executado por um profissional especializado, conhecedor das Normas Técnicas de Segurança, que se responsabilize pelo trabalho assinando a ART no CREA. Existem materiais mais apropriados para tratamento acústico, que um engenheiro ou arquiteto deveriam sempre cogitar.

O consumidor também tem um papel importante. Deve ajudar na fiscalização e denunciar estabelecimentos que não cumprem as normas mínimas de segurança. Os patrocinadores devem zelar por suas marcas, analisando tecnicamente os projetos antes de aportar capital.

Estamos todos profundamente tristes com essa tragédia, mas que ela sirva de aprendizado. No IATEC, continuaremos firmes na missão de educar, formar profissionais que dominem as técnicas, mas que acima de tudo respeitem o público e zelem pela segurança dos que trabalham e consomem o mercado de entretenimento.

Luiz Helênio – Diretor IATEC